OUTUBRO - Queimadas no Brasil podem agravar problemas respiratórios
SETEMBRO -  Preserve o meio ambiente: Dia Mundial sem Carro
AGOSTO 2020 -  Redução da emissão de C02 durante a pandemia

Planeta Unimed 5 dicas para ser sustentável em casa.

5 dicas para ser sustentável em casa.

O ser sustentável pode vir de ações gigantescas, mas também vem de ações simples, que você pode fazer. Você sabia que, de acordo com o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, PNRS, 30% do lixo produzido pelo Brasil tem potencial reciclável, mas apenas 3% desses trejeitos chegam a virar algo depois? Por isso, vamos te ensinar algumas coisas para que a sua casa seja um pouco mais verde.

1 - Diminuir sacolinhas plásticas:

Basicamente existem três tipos de lixo: recicláveis, orgânicos e trejeitos, lembrando que para eliminar as sacolinhas é necessário fazer a separação do lixo. Com os recicláveis, é só separar e colocar dentro de algum recipiente que já iria para o lixo, como caixas de papelão, embalagens grandes de plástico etc. É importante destacar que os materiais recicláveis devem estar secos, já os vidros devem estar em peças inteiras e sem as tampas. Para informações detalhadas, acesse o site do Ministério do Meio Ambiente aqui. E, com isso, é só entregar na coleta seletiva ou levar até um ponto de descarte apropriado.

Com os orgânicos, você pode descartar normalmente, ou, se quiser ser mais sustentável ainda, pode colocá-los em uma composteira, que transforma os orgânicos em adubo, utilizando as minhocas e micro-organismos. Você pode achar composteiras à venda pela internet ou fazer a sua própria em casa.

Os trejeitos são papéis higiênicos, normalmente eles ficam nos banheiros e lá você não precisa usar sacolinhas! É só utilizar e jogar dentro do lixinho e quando acumular você transfere para uma sacola maior com os lixos da casa toda. Depois é só higienizar o lixo e pronto. Se você quiser continuar utilizando sacolas, opte por sacolas de pães ou fazer sacolas de jornal.

2 - Utilizar glitter natural ou retirar com sabedoria:

O glitter é algo extremamente prejudicial para a natureza, são micropartículas de plástico que vão para o oceano depois de limpos. Por isso, vamos te ensinar a fazer um brilho biodegradável e como utilizá-lo para não prejudicar o meio ambiente.

Para fazer o seu próprio glitter, é preciso de:
- 1 xícara de sal;
- 1 colher de sopa de gel de babosa, ou protetor solar;
- Algumas gotas de corante alimentício (sem plástico).

E é só misturar o sal com o corante e deixar secar bem. Assim que estiver seco, basta aplicar com o fixador (gel de babosa ou protetor solar) e sair para a folia. Outro uso do glitter biodegradável é em trabalhos escolares. Ele pode ser fixado com colas comuns e ainda dá uma textura superlegal.

Para você que já tem mil e uma cores de glitter e não quer jogar fora (nem deve), é só fazer assim na hora de tirar: pegue um lenço umedecido ou um uma fita adesiva, e vá retirando com cuidado. O ponto aqui é não dispensar tudo no ralo e sim no lixo de trejeitos.

3 - Troque as lâmpadas

Você pode trocar as lâmpadas comuns por lâmpadas de LED, pois elas consomem menos energia e ainda são superduradouras. Com essa atitude, você consome menos energia, pois as lâmpadas de LED conseguem transformar 95% da energia utilizada em luz, já a incandescente apenas converte 5%, dissipando o resto em calor.

4 - Transforme o óleo de cozinha em sabão

O descarte incorreto de óleo pode ser extremamente prejudicial ao meio ambiente. Saiba mais sobre este tema, clique aqui. Para melhorar a qualidade da água e ser sustentável, você pode fazer sabões com o óleo. É bem simples:

Ingredientes:
- 5 litros de óleo de cozinha usado (lembre-se de coar);
- 1 kg de soda cáustica;
- 5 litros de água;
- Adquira um balde com material grosso e resistente;
- Para moldar o sabão, reserve bandejas de plástico, assadeiras de metal ou diferentes recipientes forrados com papel manteiga;

Modo de fazer:
No balde você deverá colocar a soda cáustica e adicionar lentamente a água fervendo. Depois, mexa até a soda cáustica dissolver por completo. Em seguida, junte o óleo e permaneça com movimentos contínuos na mesma direção para que o sabão caseiro não coalhe.

Faça esse processo até a consistência ficar pastosa para despejar nos moldes. Deixe o produto secar por 24 horas para você conseguir cortar do tamanho desejado e desinformar.

5 - Utilize ecobags

As idas ao mercado e à feira são muito frequentes, mas isso não pode te impedir de ser sustentável. As sacolas de plástico fornecidas nesses locais podem demorar até 500 anos para se decompor. Utilize ecobags para o transporte de alimentos e bebidas, assim, você ajuda o planeta e ainda fica superestiloso.

Essas foram as nossas cinco dicas para você ser um pouco mais verde em casa. Pratique a sustentabilidade para garantir um mundo melhor para o próximo.